Cinema | Longas

O Camelo, o Leão e a Criança

“ Três transformações do espírito vos apresento: como o espírito se transforma em camelo, o camelo em leão, e o leão, finalmente, em criança “. (Nietzsche em “Assim Falava Zaratustra”.)
É com o espantoso, o estranho e o inusitado, tal como se inserem, de modo geral inadvertidos, no curso da vida cotidiana, que o filme O Camelo, o Leão e a Criança se constrói.
Um professor de filosofia da ciência, um ator e diretor de teatro, uma médica e mística, vivem diferentes fases em suas vidas (baseadas em histórias reais e relacionadas à tipologia nietzschiana). Cada uma das personagens se depara, em sua linha de vida, com a dimensão do estranho, seja na experiência de discriminação e seu fundo de violência, seja na vertigem do vicio e da loucura, seja ainda no indizível do transe místico.
O encontro com o real e a comoção que o filme desencadeia exigirão novos modos de pensar, de agir, de existir.

Direção: Paulo Blitos
Roteiro: Paulo Blitos
Elenco: Paulo Blitos, Mauro Zanatta, Vanessa Gonsioroski e Raimundo Reis

Ano: 2014
Duração: 79 min
Gênero: Ficção